Planejamento

A importância do controle e a saúde financeira da sua Escola

Para o sucesso de qualquer escola sabemos que é necessário ter alunos, mas além disso, é extremamente importante que seja controlados os aspectos financeiros a partir de análises mensais dos gastos, isso permitirá diretamente as tomadas de decisões. Com a realização de um controle financeiro em que há o registro de todas as entradas e saídas, é possível elaborar os demonstrativos financeiros, que geram resultados e que serão utilizados como base para a tomada de decisões.

Entre os vários demonstrativos que existem, os de maior destaque e fácil entendimento são a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

O DRE é capaz de identificar onde você está gastando suas despesas de maneira organizada e de forma facilitar a análise e tomada de decisões na sua escola. Para montar um DRE é simples, basta classificar as contas de sua escola da seguinte forma:

Faturamento/Receitas = São as entradas de valores da escola, como por exemplo os alunos e receitas extras da escola;

Despesas com Impostos = São os impostos Municipais, Estaduais ou Federais que paga como por exemplo Simples Nacional;

Despesas Fixas = São as despesas que você paga mensalmente como (Agua, luz, telefone, celular... etc);

Despesas com Pessoal = São as contas de salários, fundo de garantia, 13º, férias, rescisões, lembrem-se de colocar o pró-labore dos proprietários também;

Despesas com Terceiros = São as contas com prestadores de serviços da escola; Despesas com Treinamentos = Para mensurar as despesas com capacitação;

Despesas com Manutenção = Contas com manutenção de equipamentos ou conservação de estrutura;

Despesas Extras = Todas as contas que não cabem em nenhuma conta acima.

Depois disso deve-se pegar o valor do faturamento e descontar todas as despesas, desse total será a lucratividade/rentabilidade da escola. Caso suas contas estiverem bem organizadas, mas mesmo assim não está sobrando dinheiro no caixa (Lucratividade), será necessário que você identifique por onde os recursos podem estar desaparecendo, analise os dados do DRE, pois a partir dele será oportuno a análise de onde você pode gastar menos.

Alguns exemplos abaixo:

- Folha de pagamento representa +- 50% do faturamento das escolas (descubra se sua estrutura não está inchada demais);

- Rescisões às vezes são de grande mudança nas escolas e são um gasto muitas vezes relevante para o resultado;

- Gastos Extras, são aqueles de manutenção de equipamentos e mobiliários;

- Cuidado com compra excessiva de materiais de limpeza e de conservação da estrutura;

- Muita compra de papelaria e materiais administrativos;

- Gastos excessivos em realização de eventos.

Após isso, onde exatamente você souber onde está gastando cada um dos itens, poderá gerar ações para uso controlado e de contenção dessas despesas Agora que você já entendeu como é fácil entender e analisar um Demonstrativo de Resultados, agora é a sua vez de fazê-lo!

Gostou do artigo, compartilhe em sua rede social e faça mais escola entenderem onde podem melhorar seus resultados.

Abraços,

Leonardo Borges

 

https://www.3wetecnologia.com/blog/a-import%C3%A2ncia-do-controle-e-a-sa%C3%BAde-financeira-da-sua-escola




Ellebê, 5 anos

Blog

Gestão da Mudança através de Comportamentos e Atitudes

Inscreva-se